Tenho recebido alguns e-mails não solicitados. Como faço para deixar de recebê-los?

Seguem alguns passos simples para filtrar ou bloquear spams:

1) Habilitar o Spam Assassin com Spam Box: Acesse o painel de controle de sua conta, clique em SpamAssassin (anti-spam) na página principal. Na próxima página clique em Habilitar SpamAssassin. Depois clique em Voltar e então clique em Habilitar Caixa de Spam. O SpamAssassin faz uma análise do texto do email com filtros Bayesianos atualizados diariamente. Os emails indesejados (spams), têm frequentemente um estilo característico (para colocar polidamente), e é através da análise dessas peculiaridades que os SPAMS são classificados. Todos os emails classificados como spam pelo SpamAssassin serão enviados para a Caixa de Spam (pasta spam criada automaticamente pelo Spam Assassin em sua conta), e não serão entregues em sua caixa postal. Com esta ferramenta ativada, 99% dos spams serão filtrados e encaminhados para a Caixa de Spam.

Observação Importante: É muito importante que você esvazie a sua Caixa de Spam todos os dias, para que o seu espaço para emails na conta não fique cheio de lixo. Veja como fazer isso facilmente:

a) crie uma pasta em seu Programa Cliente de Emails (Outlook, Eudora, Thunderbird, etc.) com o nome Spam.

b) para cada uma das contas POP3 configuradas em seu Programa Cliente de Emails, faça uma configuração adicional. Ex.: Se a sua conta POP3 é seunome@seudominio.com, faça uma configuração POP3 adicional seunome@seudominio.com/spam com os mesmos dados de acesso, configurando seu programa cliente de emails para que os emails dessa conexão POP3 sejam baixados diretamente na pasta Spam.

Se você utiliza apenas o webmail BRDataMail, pode criar uma pasta Spam e uma conexão POP3 para baixar os spams seguindo as mesmas instruções, através da função Remote POP.

Desta forma, quando tiver tempo, você pode consultar a pasta Spam e verificar se não há algum email válido entre os spams (dificilmente o Spam Assassin classifica como spam algum email válido - mas pode ocorrer), para então apagar os outros spams.

Há ainda uma opção mais agressiva na página do SpamAssassin no painel de controle:

“To simply have the server DELETE and NOT deliver emails that are tagged as spam by SpamAssassin, click here.”

Significa basicamente o seguinte:

“Para simplesmente APAGAR e NÃO entregar em sua caixa postal emails classificados como spam pelo SpamAssassin, clique aqui.”

Se você habilitar esta opção, nem precisa da Caixa de Spam. Neste caso, todos os emails classificados como spam pelo Spam Assassin serão deletados a nível de servidor, não sendo entregues nem em sua caixa postal nem em sua caixa de spam.

_________________________________________________________________
2) Filtros de E-mail: Esta função permite bloquear remetentes de email indesejados com várias opções: remetente, assunto, conteúdo, palavras específicas e várias combinações que lhe permitirão bloquear qualquer tipo de email indesejado. Se você utilizar o Spam Assassin, dificilmente terá que usar esta ferramenta adicional. Contudo, ela está disponível.

_________________________________________________________________
3) Outras Dicas: Seguem abaixo algumas dicas do Comitê Gestor da Internet no Brasil para evitar o recebimento de emails indesejados, ou, para no caso de recebê-los, não ser prejudicado por eles:

  • Preservar as informações pessoais como endereços de e-mail, dados pessoais e, principalmente, cadastrais de bancos, cartões de crédito e senhas. Um bom exercício é pensar que ninguém forneceria dados pessoais a um estranho na rua, certo? Então, por que o faria na Internet?
  • Ter, sempre que possível, e-mails separados para assuntos pessoais, profissionais, para as compras e cadastros on-line. Certos usuários mantêm um e-mail somente para assinatura de listas de discussão.
  • Não ser um “clicador compulsivo”, ou seja, o usuário deve procurar controlar a curiosidade de verificar sempre a indicação de um site em um e-mail suspeito de spam. Pensar, analisar as características do e-mail e verificar se não é mesmo um golpe ou código malicioso.
  • Não ser um “caça-brindes”, “papa-liquidações” ou “destruidor-de-promoções”. Ao receber e-mails sobre brindes, promoções ou descontos, reserve um tempo para analisar o e-mail, sua procedência e verificar no site da empresa as informações sobre a promoção em questão. Vale lembrar que os sites das empresas e instituições financeiras têm mantido alertas em destaque sobre os golpes envolvendo seus serviços. Assim, a visita ao site da empresa pode confirmar a promoção ou alertá-lo sobre o golpe que acabou de receber por e-mail! No caso de promoções, na maioria das vezes, será necessário preencher formulários. Ter um e-mail para cadastros on-line é uma boa prática para os usuários com o perfil descrito. Ao preencher o cadastro, desabilite as opções de recebimento de material de divulgação do site e de seus parceiros. É justamente nesse item que muitos usuários atraem spam, inadvertidamente.
  • Ter um filtro anti-spam instalado, ou ainda, usar os recursos anti-spam oferecidos pelo seu provedor.
  • Além do anti-spam, existem outras ferramentas bastante importantes para o usuário da rede: anti-spyware, firewall pessoal e antivírus.
  • Cuide de seu(s) e-mail(s) como cuida do endereço de sua casa. Ninguém passa o endereço a qualquer estranho, nem mesmo fornece esses dados sem perguntar sua utilidade. Logo, o seu e-mail deve ser tratado da mesma forma, para que não seja vítima de uma enxurrada cada vez maior de e-mails não solicitados.
  • Utilize e-mails separados para uso pessoal, trabalho, compras on-line e cadastros em sites em geral. Assim, é possível mantê-los com caráter de “público”, enquanto outros, são mantidos “restritos” ao trabalho e à família.
  • Leia com atenção os formulários e cadastros on-line, evitando preencher ou concordar, inadvertidamente, com as opções para recebimento de e-mails de divulgação do site e de seus parceiros.
  • Verifique a existência da política de privacidade dos sites, espaço para preenchimento de cadastros e formulários. A empresa que mantém o site, ao possuir uma política de privacidade, pode garantir que seus e-mails não serão repassados ou vendidos a terceiros.
  • Evite utilizar e-mails simples e comuns (João, Maria, compras), pois podem ser facilmente descobertos por ferramentas automáticas ou por ataques de dicionário. O spammer forma endereços de e-mail a partir de listas de nomes de pessoas, de palavras presentes em dicionários e/ou da combinação de caracteres alfanuméricos.
  • Evite colocar em sites os e-mails no formato comumente utilizado (fulano@dominio.com.br), pois facilita a atuação bem-sucedida de ferramentas automáticas de harvesting (colheita) de e-mails. É recomendado, se necessário, implementar o contato via formulário que não exiba o e-mail ou por meio de imagens.

_________________________________________________________________
Mais algumas dicas nossas:

- Nunca visite o site de uma “empresa” ou “profissional” que lhe enviou spam. Muito pelo contrário, coloque a referida “empresa” ou “profissional” em uma lista pessoal de “empresas” e ” profissionais” com as quais NUNCA faria negócios.

- Nunca responda um spam, nem caia nas armadilhas do “Clique aqui para remover o seu cadastro” ou “Responda este email com o assunto remover”. Estas armadilhas só servem para confirmar ao spammer que seu endereço de email existe. É assim que os spammers “validam” suas listas de emails.

- Denuncie todo spam que receber na SpamCop. Fazer um cadastro na SpamCop e obter um ID é muito simples e gratuito. Após estar cadastrado, para denunciar um spam, bastará colar o código fonte do spam no formulário da SpamCop, ou utilizar um endereço de encaminhamento que a SpamCop lhe fornecerá, para o qual você poderá encaminhar todo spam que receber diretamente do seu leitor de emails. Quando a SpamCop recebe uma denúncia válida de spam, insere o IP do provedor que permitiu que sua rede fosse utilizada para envio de spam em várias Listas Anti-Spam (RBLs), e todos os clientes do referido provedor perderão o contato por email com boa parte dos servidores na Internet, até que o referido provedor tome as medidas cabíveis contra o spammer.

- Se o seu provedor de acesso à internet é conivente com spammers, se muitas vezes você tem problemas para enviar emails utilizando seu provedor de acesso porque o IP do provedor está listado em uma lista RBL, como a SpamCop, mude de provedor imediatamente.

Alguns provedores de acesso e provedores de hospedagem no Brasil (inclusive provedores respeitados), tem muitos de seus IPs bloqueados nestas Listas Anti-Spam (RBLs), por serem coniventes com a prática de spam em suas redes. Dessa forma, muitas vezes uma empresa séria que nunca praticou spam, ao utilizar os serviços desses provedores (de acesso ou de hospedagem), não conseguem enviar emails para boa parte dos servidores na Internet, incluindo a rede BRData, pois estão, sem saber, compartilhando o serviço utilizado por spammers, e o provedor em questão não faz absolutamente nada ou faz muito pouco para combater a prática e impedir que seus IPs sejam bloqueados em Listas Anti-Spam (RBLs).

O que estes provedores deveriam fazer para evitar este problema? Deveriam agir como a BRData age nestes casos. Na primeira ocorrência comprovada de spam por parte de um usuário, a conta do usuário é cancelada, passará a constar na RBL interna da BRData e seu domínio não poderá mais ser hospedado na rede BRData, nem mesmo em uma de nossas revendas ou representantes autorizados.

Por que alguns provedores não fazem isso? Simples! Lucro. Alguns provedores preferem continuar a receber o dinheiro sujo dos spammers, permitindo tal prática em suas redes e prejudicando os serviços para todos os demais usuários, que terão problemas com emails devido ao IP do referido provedor estar listado em alguma lista de bloqueio de spammers.

Só há spammers na Internet, ainda, porque há provedores de acesso ou de hospedagem coniventes com a prática de spam. Se todos os provedores combatessem está prática nociva, não mais existiriam spammers na Internet. No site do Comitê Gestor da Internet no Brasil, www.antispam.br, você pode ver uma lista sempre atualizada dos provedores de acesso e de hospedagem brasileiros cuja rede é utilizada para envio de spam. Todos os provedores listados ali tem muitos de seus IPs bloqueados em Listas Anti-Spam (RBLs) e emails vindos destes IPs bloqueados não serão recebidos em provedores e servidores administrados de forma a proteger os seus usuários contra a praga do spam.

Obviamente que há programas de spammers (worms, bots, vírus e cavalos de tróia) que se instalam em máquinas mal configuradas e mal administradas, tanto servidores como computadores pessoais, e enviam spam em background, sem o conhecimento do usuário.

Mesmo assim, os únicos responsáveis pela existência da praga do spam, são os provedores de acesso e hospedagem coniventes com esta prática. Se uma conta de um cliente BRData estiver sendo usada para enviar spam por agentes externos devido a algum script inseguro instalado na conta, temos a obrigação de saber que isso está acontecendo e parar/bloquear o problema. Da mesma forma, todos os provedores de acesso possuem ferramentas e tecnologia para identificar todo tráfego de emails por parte de seus clientes, e resolver o problema, mesmo que não seja culpa do cliente.

Desta forma, reforçamos que só há spammers na Internet porque há provedores de acesso ou de hospedagem coniventes com a prática de spam. Portanto, se o seu provedor de acesso à internet é conivente com esta prática, mude de provedor de acesso à internet.

Esperamos que estas dicas ajudem todos os nossos clientes a deixar de receber spam.

No caso de qualquer dúvida, estamos à disposição através da Central do Assinante.

 

  • 108 Usuários acharam útil
Esta resposta lhe foi útil?

Artigos Relacionados

Quais os passos para configurar minha conta de e-mail no Outlook Express?

Para configurar sua conta de email no Outlook Express, proceda da seguinte forma:a) Abra o...

Como faço para transferir meu site de outro provedor para a BRData?

Assine o Plano Ilimitado de Hospedagem na BRData.Para agilizar o processo, efetue o pagamento do...

Meu e-mail está sendo usado para enviar Spam. O que eu faço?

Este tipo de problema normalmente ocorre quando o seu computador está contaminado por...

Meu email recebe muito Spam. O que posso fazer?

Não há muito o que fazer com relação a spam. Mas existem algumas práticas que podem ser adotadas...